Os Benefícios da Drenagem Linfática em Casa

A Importância da Drenagem Linfática

Muitas pessoas que frequentam spa buscam a drenagem linfática para melhorar a estética e a saúde. O procedimento promove uma desintoxicação do corpo, reduz a retenção de líquidos, além de ajudar na redução da celulite.

A terapia atua no sistema linfático, uma rede complexa de vasos que transportam fluidos por todo o corpo. Apesar desses fluidos se moverem, não há um mecanismo de bombeamento próprio. A drenagem linfática serve justamente para que eles fluem mais facilmente.

São muitos os benefícios que você conhecerá nas próximas linhas.

O que é drenagem linfática?

É um procedimento estético feito a partir de movimentos suaves (massagem) e lentos com objetivo de movimentar as linfas pelos ductos e vasos linfáticos. Dessa forma, estimula e facilita o transporte da linfa por todo o sistema linfático e circulatório. A linfa é um fluido corporal que limpa as impurezas no sangue, mas que pode se acumular entre as células, causando inchaço e dor no local.

O acúmulo ocorre principalmente porque a chegada dos fluidos é maior do que a saída e, o que faz a drenagem linfática importante, pois aumenta o bombeamento fisiológico, permitindo que um volume maior de linfa seja transportada em um curto espaço de tempo.

Saiba como solicitar uma drenagem linfática no conforto da sua casa clicando aqui.

Drenagem Manual

A manual é caracterizada por movimentos lentos, com manobras suaves, no mesmo sentido do sistema linfático superficial. Seu intuito é reduzir edemas (acúmulo de líquidos) e linfedemas e suas consequências.

A técnica se difere de outros métodos de massagem como a clássica por não ocasionar a dilatação dos vasos arteriolares e pela pressão manual lenta e suave. A partir dessa premissa é possível afirmar que a massagem convencional e a drenagem são técnicas diferentes, principalmente pelo fato da drenagem linfática não produzir eritema (vermelhidão na pele devido a vasodilatação) ou dor.

A prática foi muito difundida no começo dos anos 1980, contudo já a relatos de quase 100 anos atrás que descreviam técnicas para estimular tecidos superficiais com movimentos leves, agradáveis e superficiais.

Quais seus benefícios?

A drenagem linfática reduz edemas e linfedemas que surgem principalmente após situações traumáticas, em pós-operatório, problemas circulatórios venosos e linfáticos, entre outros;

Aumenta a oxigenação dos tecidos, ajuda na eliminação de toxinas e metabólitos, aumentando a absorção de nutrientes e líquidos eliminados, promovendo uma renovação nutricional no sistema linfático;

Contribui de forma direta para absorção intestinal e demais funções metabólicas;

Colabora com a cicatrização de tecidos;

Desintoxica o organismo e elimina líquidos acumulados;

Ativa o sistema imunológico;

Contribui para a melhora na auto-estima e como consequência na qualidade de vida.

Quando o procedimento é indicado?

Entre as principais indicações estão:
Edemas e linfedemas – a drenagem ativa a circulação reduzindo linfedemas (acúmulo de linfa) e regenerando o sistema linfático;

Fibro edema geloide e lipoesclerose – são dois tipos de celulite que podem ser reduzidas com o procedimento, que normaliza o pH intersticial e facilita a nutrição tissular;

Insuficiência venosa crônica – quando a incontinência valvular não favorece a drenagem natural do líquido intersticial acarreta também no acúmulo de exagerado de proteínas e de leucócitos. A drenagem linfática atua no edema, reduzindo seu volume e eliminando o excesso de líquido (sob recomendação médica);

Edemas gestacionais – durante a gestação o organismo passa por grandes mudanças para dar ao feto o melhor desenvolvimento. Em contrapartida as queixas vão desde cefaleia a edemas nos membros inferiores. Sua origem está associada à circulação linfática, por conta do aumento da produção do líquido ou por patologia linfática. Lembrando que somente a partir do terceiro mês de gestação

Síndrome pré-menstrual – a drenagem reduz os sintomas da síndrome da tensão pré-menstrual, tais como dores mamárias, cefaleia, fadiga, dores nos membros, desconforto pélvico, irritabilidade e ansiedade;

Tratamentos pós-cirúrgicos – em especial para a recuperação de cirurgia plástica. A técnica manual vai drenar edemas, acelerar a regeneração dos tecidos, aliviar dor e o quadro álgico. Nesse sentido, quando mais rápido for aplicada a técnica mais rápida a recuperação do paciente. (sob recomendação médica)

A drenagem age na regressão do edema e no tecido, facilitando sua uniformização e cicatrizando. Dessa forma mesmo os tecidos abaixo do epitelial não sofrem com ondulações e a formação de nódulos. É especialmente recomendada nos procedimentos de mamoplastia, lipoaspiração, cirurgia de abdômen

A drenagem também é indicada para casos de má circulação sanguínea, tensão muscular, varizes, sinusite (drenagem facial), redução de cicatrizes hipertróficas e queloidianas, entre outras patologias. Também estimula o sistema nervoso parassimpático, o que reduz o estresse e aumenta o relaxamento.

Quais as contra indicações?

Antes de procurar um spa é importante verificar as contra-indicações. São elas:

Tumores malignos não controlados por conta da possibilidade de disseminar a metástases da patologia por via linfática;

Tuberculose, pois o bacilo de Koch (desencadeador da tuberculose) é capaz de se alojar nos gânglios linfáticos e a estimulação pode estimular o bacilo;

Processos infecciosos e inflamatórios agudos, uma vez que o aumento da velocidade do fluxo linfático dissemina a infecção;

Trombose venosa profunda, flebites por conta do aumento do risco de tromboembolismo;

Edemas relacionados a insuficiências renais ou cardíacas que não estejam controladas;

Insuficiência renal aguda, tendo em vista que o aumento do aporte de líquido a ser filtrado pelo rim causa um colapso no sistema renal;

Quais cuidados a serem seguidos?

Os movimentos devem ser suaves, uma vez que pressões excessivas podem lesar os capilares linfáticos, que se caracterizam pela fragilidade;

Verificar se a técnica não é uma falsa massagem, que utiliza movimentos inadequados que podem causar prejuízos aos pacientes;

Procurar informações sobre o spa, clínica ou profissional que vai realizar o procedimento. O ideal é avaliar sua reputação, procurar por clientes satisfeitos e recomendações;

É válido ressaltar que drenagem, seja manual ou mecânica atua como coadjuvante de tratamentos. É importante ter recomendação médica e o procedimento deve ser feito somente por profissional capacitado;

O uso inadequado de técnicas de massagem podem gerar problemas como hematomas hepáticos, embolização arterial, necrose de gordura subcutânea, deslocamento uretral, entre outras complicações. As técnicas devem respeitar a integridade dos tecidos e as limitações do paciente.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of